O dia em que Ritchie Blackmore (Deep Purple) detonou Jimmy Page, Eric Clapton e Pete Townshend

0
14
o-dia-em-que-ritchie-blackmore-(deep-purple)-detonou-jimmy-page,-eric-clapton-e-pete-townshend
O dia em que Ritchie Blackmore (Deep Purple) detonou Jimmy Page, Eric Clapton e Pete Townshend
O dia em que Ritchie Blackmore (Deep Purple) detonou Jimmy Page, Eric Clapton e Pete Townshend
Imagens: Reprodução/Instagram

Quando deixou o Deep Purple em 1975, Ritchie Blackmore já tinha lançado 9 discos incríveis com a banda e se consolidado como um dos maiores guitarristas do planeta. Mas, na época, ele não era tão fã de alguns de seus colegas no Rock.

Naquele ano, pouco tempo antes de formar o Rainbow, ele foi capa da revista International Musician & Recording World. Blackmore não costumava falar muito com a imprensa, mas deu uma rara entrevista para a publicação.

O músico britânico usou a oportunidade para dar sua opinião sobre bandas gigantes que estavam estouradas à época, como Led Zeppelin, The Who e Yes – e nem todas foram elogiosas.

Respondendo sobre seus guitarristas preferidos, Ritchie Blackmore rasgou elogios para o lendário Jeff Beck e disse que outros monstros como Jimmy Page e Eric Clapton “nunca o impressionaram” (via Loudersound):

Eu gosto do Jeff Beck, ele é o meu guitarrista favorito. Existem muitos que são subestimados. Quando você é um guitarrista, acaba mergulhando só no que você faz. Mike Bloomfield [Bob Dylan] é muito bom. Steve Howe [Yes] sempre foi um ótimo guitarrista. Jimmy Page e Eric Clapton nunca me impressionaram muito. Eu nunca entendi qual é o lance com Clapton. Ele é um bom cantor.

Ritchie Blackmore exaltou Jimi Hendrix e criticou Jimmy Page

Mais adiante em sua resposta, Ritchie Blackmore elogiou Jimi Hendrix, que havia falecido cinco anos antes. Mas também teve espaço pra criticar outro grande nome da guitarra – Pete Townshend, do The Who:

Sua cabeça deveria dizer para as mãos o que fazer, e não elas trabalharem sozinhas. Jimi Hendrix deve ter sido muito bom, pelo que eu ouço da música dele, porque ele nunca se repetiu. Isso significa que as mãos não estavam mandando, ele ditava o que fazer. Houve um momento em 1964 em que Pete Townshend me inspirou porque ele foi o primeiro a usar distorção. Ele fez um solo distorcido em ‘Anyway, Anyhow, Anywhere’ [1965] que foi muito bom. Eu achava o The Who bom quando eles surgiram, mas Townshend não é um guitarrista completo.

Eita, quanta rivalidade!

Como está Ritchie Blackmore atualmente?

Curiosamente, ao responder se gostava de algum guitarrista americano lá em 1975, Blackmore elogiou o músico Tommy Bolin, que estava no The James Gang e viria a substitui-lo no Deep Purple naquele mesmo ano. Infelizmente, Bolin morreu de overdose um ano depois.

Ritchie Blackmore está atualmente com 78 anos, foi eleito por vários veículos um dos maiores guitarristas da história e entrou para o Hall da Fama do Rock em 2016. Seu último disco é Nature’s Light (2021), com o grupo Blackmore’s Night.

LEIA TAMBÉM: Eric Clapton anuncia três shows no Brasil em 2024; veja datas e preços

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! CHARTS

Hits, sucessos e novidades quentes estão te esperando agora mesmo na Playlist TMDQA! Charts; aproveite e siga o TMDQA! no Spotify!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui