Hospital Estadual de Luziânia alcança marca de 489 mil atendimentos em dois anos

0
11
hospital-estadual-de-luziania-alcanca-marca-de-489-mil-atendimentos-em-dois-anos
Hospital Estadual de Luziânia alcança marca de 489 mil atendimentos em dois anos

O Hospital Estadual de Luziânia (HEL), do Governo de Goiás, alcançou nesta semana a marca de 489 mil atendimentos nos últimos dois anos. Desses, 59 mil são do pronto-socorro, além de 59.964 exames de imagem, 327.330 exames laboratoriais, 28.295 consultas, 7.647 internações, 4.737 cirurgias e 2.168 partos. A unidade é administrada pela organização social Instituto Pátris, conforme metas estabelecidas pela Secretaria de Saúde (SES). Segundo a pasta, beneficia mais de 1 milhão moradores do município e cidades próximas.

O HEL oferece atendimento de qualidade à população, garantindo cuidado integral e contribuindo para a saúde e bem-estar da comunidade local. A unidade possui 31 leitos de enfermaria clínica, 18 leitos de clínica cirúrgica, 7 leitos de UTI adulto e 11 leitos de maternidade. O hospital integra a rede de saúde no Entorno do Distrito Federal, onde também estão localizados o Hospital Estadual de Formosa, em pleno funcionamento, e o Hospital Estadual de Águas Lindas, que será entregue na próxima segunda-feira (17/06).

“Quando eu assumi o governo essa foi minha meta, meu compromisso de vida: a regionalização da saúde”, lembra o governador Ronaldo Caiado. “O cidadão vivia na dependência da regulação para dizer: pode vir que em Goiânia que tem leito. Ou estava fadado a não ter atendimento”. Para o diretor-geral do HEL, Franisco Amud, um dos diferenciais do HEL é a humanização. “Um dos principais pilares dessa evolução é o atendimento humanizado. Equipes multiprofissionais foram capacitadas para atender as necessidades de cada paciente, criando um ambiente acolhedor e seguro”, frisou.

Referência em partos

A maternidade do Hospital Estadual de Luziânia é referência em partos de baixo risco e no cuidado com a mãe e com o recém-nascido. A gerente assistencial do HEL, Ana Carolina Garcia, comenta que a equipe é altamente qualificada, incluindo obstetras, enfermeiros obstétricos, neonatologistas, e equipe de apoio. “Esses profissionais são treinados não apenas para oferecer um atendimento técnico de alto nível, mas também para fornecer um cuidado com as gestantes e suas famílias”, afirmou.

Ana Carolina destaca que outro fator importante é o compromisso com a educação e a vida pós-alta hospitalar. “Oferecemos programas de educação e orientação sobre amamentação e cuidados com o recém-nascido. A maternidade se destaca pela sua integração com outros serviços hospitalares, garantindo que qualquer necessidade emergencial durante o parto ou pós-parto seja atendida imediatamente, fornecendo assim um ambiente seguro e confiável”, finalizou a gestora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui