Daniel Vilela: “Governo do Estado planeja futuro ainda mais promissor para Goiás”

0
12
daniel-vilela:-“governo-do-estado-planeja-futuro-ainda-mais-promissor-para-goias”
Daniel Vilela: “Governo do Estado planeja futuro ainda mais promissor para Goiás”

“Ao planejar o futuro de Goiás para a próxima década, o Governo do Estado garante a execução eficiente de projetos que irão impactar, ao longo dos próximos anos, a economia e a qualidade de vida da população goiana”, afirmou o vice-governador Daniel Vilela durante abertura da 21ª Tecnoshow Comigo nesta segunda-feira,( 8/04), em Rio Verde. Para reforçar sua avaliação, ele usou como exemplo os recursos bilionários empregados pela gestão na recuperação e construção de rodovias estaduais.

“Nós não nos debruçamos somente no planejamento destes últimos três anos de mandato do governador Ronaldo Caiado”, disse ele em discurso para uma plateia de industriais, empresários, políticos, dirigentes de entidades de classe e representantes do agronegócio. “Nós planejamos com foco nos próximos dez anos, no mínimo. E levamos em conta todos os tipos de investimentos que Goiás precisa. Isso é política de estado”, completou Daniel, que também mencionou a participação, neste processo, de setores da sociedade civil organizada, como a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg).

A “política de estado”, citada pelo vice-governador, refere-se a iniciativas que se mantêm com o passar dos anos, independentemente das mudanças no comando dos governos. Como a recente criação de um fundo (Fundeinfra) formado com contribuições pagas pelos produtores rurais e que é utilizado exclusivamente em obras estruturantes. “Este governo tem hoje o maior plano de infraestrutura do país, com previsão de investimentos de R$ 10 bilhões”, entusiasmou-se Daniel.

Somente para este ano, segundo ele, serão utilizados R$ 3,5 bilhões. Deste montante, pelo menos R$ 500 milhões estão reservados para obras na região Sudoeste do estado, importante polo do agronegócio goiano, como as que estão em andamento na GO-210, que será duplicada no trecho entre Rio Verde e Montividiu, e a construção do Anel Viário daquela primeira cidade.

“Até o final de 2023 teremos finalizado os projetos de engenharia para a duplicação de mais de mil quilômetros de rodovias em Goiás. Além disso, já foram feitas as licitações para recuperação de 2,5 mil quilômetros”, destacou Daniel que, na prática, foi um mensageiro de “boas notícias” no primeiro dia daquela que é considerada a segunda maior feira do Brasil nas áreas de tecnologia e de inovação voltadas para o campo.

Ele ainda anunciou que a duplicação da via que liga a cidade de Goiás a São Miguel do Araguaia já está em estudo, de acordo com determinação de Caiado. “Aquela região do Vale do Araguaia é a que mais tem tido lavouras abertas”.

A malha rodoviária federal que corta Goiás também entrou em pauta quando o vice-governador rememorou reuniões de trabalho com o Ministro dos Transportes, Renan Calheiros Filho, para cobrar agilidade na duplicação da BR 060/364, entre Rio Verde e Rondonópolis (MT); e da 153/452, que liga a capital a Itumbiara e que seria duplicada entre este último município e Rio Verde.

Porto de Açu

Diante de um público formado majoritariamente por produtores rurais, que têm interesses óbvios em tudo aquilo que seja sinônimo de facilidades para escoamento da produção agrícola, Daniel Vilela confirmou tratativas do Governo de Goiás com o Porto de Açu, localizado em São João da Barra, na região Norte do Rio de Janeiro (RJ).

“Estamos discutindo um projeto de parceria logística que inclui a Ferrovia Norte-Sul e a implantação de trilhos entre aquele porto e de Vitória (ES)”, detalhou. “Nossa meta é alavancar a exportação dos grãos produzidos no estado e reduzir o valor do frete dos produtos goianos”, justificou o vice-governador, que em março último fez visita técnica ao Porto de Açu.

Tecnoshow

Daniel Vilela definiu a Tecnoshow Comigo como um evento que simboliza a “ousadia, coragem e resiliência” do produtor rural, a “força” da iniciativa privada e do cooperativismo e a “competência” do setor público, personificado, neste caso, na Prefeitura de Rio Verde e no Governo de Goiás. “Esta feira mostra para o Brasil o estado que dá certo”, resumiu.

Após a abertura no Pavilhão de Eventos, o vice-governador, que estava acompanhado do filho caçula, Frederico, visitou estandes e conversou com expositores. A Tecnoshow segue até a próxima sexta-feira, (12/04), período em que são esperados cerca de 140 mil visitantes. A expectativa de negócios para este ano gira em torno de R$ 11 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui