Baixo original de Paul McCartney é encontrado após 52 anos perdido

0
13
baixo-original-de-paul-mccartney-e-encontrado-apos-52-anos-perdido
Baixo original de Paul McCartney é encontrado após 52 anos perdido

Este instrumento, que teve papel crucial na ascensão dos Beatles à fama global, foi descoberto em circunstâncias tão extraordinárias quanto a sua própria história.

O desfecho dessa história teve início no sótão de Ruaidhri Guest, um estudante que herdou o baixo sem saber do seu significado histórico. O parente que, originalmente, deixou o instrumento alegava tê-lo “encontrado em um loft”.

Herdei este item, que foi devolvido a Paul McCartney. Espalhe a notícia (…) Sem mais comentários neste momento”, Guest compartilhou em sua rede social, revelando a localização do lendário Höfner 500/1.

To my friends and family I inherited this item which has been returned to Paul McCartney. Share the news. pic.twitter.com/BlKP4L2ELP

— Rassilon Productions (Ruaidhri Guest) (@RassilonP) February 13, 2024

Não há detalhes oficiais sobre o que aconteceu com o baixo Höfner, mas acredita-se que ele teria sido guardado após as filmagens de Get Back, em 1969.

O jornal The Sun também levanta a hipótese de que o baixo pode ter sido roubado de uma van em Ladbroke Grove, oeste de Londres, no dia 10 de outubro de 1972.

A busca pelo baixo perdido de Paul McCartney

Fãs fervorosos de McCartney e dos Beatles lançaram, em setembro do ano passado, o ‘Lost Bass Project‘, uma busca global pelo instrumento perdido.

O baixo mais importante da História, como foi denominado pela equipe do projeto, foi comprado por McCartney em Hamburgo, na Alemanha, em 1961, e se perdeu em 1969. Na ocasião, ele custou apenas 30 libras.

A iniciativa visava não somente recuperar um pedaço da história do rock, mas também solucionar um dos maiores mistérios da música.

Finalmente, 52 anos depois do desaparecimento do baixo, o instrumento foi encontrado – conforme comunicado nesta quarta-feira (15) aos fãs dos Beatles de todo o mundo.

Nick Wass, juntamente com os jornalistas Scott e Naomi Jones, descreveu a missão como o maior mistério da História do rock and roll.

O valor sentimental e histórico do baixo supera qualquer quantia em dinheiro, embora especialistas acreditem que, se fosse vendido, poderia ultrapassar os R$ 11,8 milhões alcançados pela guitarra de John Lennon, também recuperada décadas após ser roubada.

Com a recuperação do baixo, McCartney expressou gratidão a todos os envolvidos na busca.

Seria bom se um dia pudesse ser exposto ao público – e se a única forma de alguém se apresentar for ganhando algum dinheiro com isso, que assim seja, porque pelo menos seria encontrado. Mas, no final das contas, estamos fazendo isso apenas para recuperar o baixo de Paul. Sabemos que é o que ele sempre quis“, refletiu o jornalista Scott Jones.

Este evento não apenas fechou um capítulo longo e misterioso na história do rock, mas também reiterou o valor inestimável dos objetos que testemunharam a ascensão de alguns dos maiores músicos de todos os tempos.

Veja uma foto de Paul McCartney com o baixo anos atrás:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui